Sobre


HISTÓRIA


Creio que, desde pequena, buscar a compreensão de tudo que diz respeito ao ser humano é o que me move. Pensar é algo que me dá prazer desde a mais tenra idade. 
Ler, estudar, aprender sobre temas variados me fascina, além de ajudar a entender a mim mesma - ainda que, muitas vezes, eu tenha mais dúvidas do que certezas. Vejo o ser humano como uma obra aberta, com vários tons e melodias, em constante evolução e que precisa dar e receber amor. Por isso, resolvi criar este projeto.

Tudo começou com uma simples página no Facebook. Depois, veio o blog: http://superspecialis.blogspot.com, onde passei a disponibilizar conteúdo que considerava importante para o aprendizado diário e para uma consequente boa convivência em sociedade, através de textos, sugestões de leitura, campanhas e divulgação de contatos úteis, como instituições e profissionais especializados.
Ao criar a página e o blog, pretendia repassar as informações adquiridas sempre que lia algo sobre autismo, Síndrome de Down, AH/SD (Altas Habilidades/Superdotação) etc. - 
temas que me atraem e sobre os quais busco esclarecimento por conta própria. Inclusive, acredito que todos deveriam ter o mesmo interesse e ler a respeito, independente de estarem relacionados, direta ou indiretamente, em qualquer uma dessas condições. Por isso, desde o início, meu objetivo era atingir todas as pessoas, e não um público específico. Vivemos em sociedade. Todos nós estamos no mesmo "barco". Nada nos é alheio. 
Aos poucos, vou acrescentando informações, atualizando os dados e incluindo outros temas. Também vou aprendendo e me informando, pouco a pouco.
Quem me apoia desde o início, acreditando em meus sonhos, merece um agradecimento especial: meus pais, Irene G. R. de Toledo e Edson de Toledo, meu namorado, Filino Carvalho Neto e minha cunhada, Thaís Virgínia Nunes. Graças a eles, pude iniciar as primeiras ações do Super Specialis, além de receber dicas de livros, artigos e filmes. Deles, recebi também algo muito mais valioso: a confiança e o incentivo.
Muito obrigada a todos que tornam esta ideia possível (leiam mais aqui: http://superspecialis.blogspot.com.br/p/agradecimentos.html).


SUPER SPECIALIS

"Super Specialis": Do latim, "Sobre Especial" ou "Além de Especial".
Nosso mote é "Vox amoris et scientiae", que significa, também na língua latina, "a voz do amor e do conhecimento". 

O objetivo deste projeto é difundir informações sobre diversidade, inclusão e cultura. Nossas postagens são voltadas, principalmente, ao público leigo, que não costuma ter muito conhecimento sobre certos traços que tornam algumas pessoas "diferentes" aos seus olhos. O que o Super Specialis pretende, com isso, é promover a conscientização e o respeito, para uma convivência mais sadia em sociedade.

Os focos principais são questões relacionadas à cognição, já que são abordados, sobretudo, temas concernentes a deficiência intelectual (principalmente Síndrome de Down), transtornos globais do desenvolvimento (especialmente autismo e Síndrome de Asperger) e Altas Habilidades/Superdotação, mas o Super Specialis também apoia causas  relacionadas a outros tipos de deficiência (física, visual, auditiva) e a outras particularidades (diversidade cultural, racial e de gênero, por exemplo). 




MISSÕES

Divulgar informações sobre diversidade e inclusão;
Unir pessoas que acreditam e lutam por uma mesma causa;
Promover ações que beneficiem pessoas, projetos e instituições.



LOGOTIPO





O escudo, além de ser sinônimo de emblema e de base para a representação de brasões e armas, é um anteparo de defesa, de proteção. Predomina o azul, por essa cor simbolizar o céu, o infinito, o ideal e a harmonia. Ademais, esta é a cor usada para representar alguns grupos que defendemos: os autistas, os downianos (azul e amarelo) e tudo que se refere à inteligência, ao pensamento e à personalidade.

A representação de super herói foi obtida através de um banco de imagens livres. Ele foi modificado, para que se adequasse aos propósitos do projeto.
Os traços simples buscam passar a mensagem de que qualquer um pode ser um super herói, independente de superpoderes, poções mágicas, sofisticação ou armas.

Sabemos que a capa é uma das características distintivas de um super herói. Ela foi pintada de verde, cor que simboliza nosso maior poder, que faz com que consigamos voar e alcançar nossos objetivos: a esperança e o vigor, além de ser a cor da natureza e da sustentabilidade.

A cabeça de nosso super herói tem a cor amarelo-ouro, que foi escolhida pensando no Sol, que ilumina a todos, sem distinção de raça, origem, cor da pele, religião, crença, idade, gênero, capacidades ou incapacidades, classe social etc. Além disso, a cor amarela/dourada simboliza a criatividade, o conhecimento, a alegria, a nobreza e a inteligência superior (portanto, relaciona-se também aos superdotados).

Na parte de cima, nosso nome aparece escrito em azul celeste. Esta cor representa a compreensão e a tranquilidade. Além disso, lembra o céu durante o dia, limpo e claro. "Super Specialis" significa "Além de Especial", "Sobre Especial", em latim.

Embaixo, nosso mote está escrito em amarelo, simbolizando o conhecimento e a alegria. "Vox amoris et scientiae", também em latim, significa "A voz do amor e do conhecimento".




Carmem Toledo
Super Specialis

Informações e contato: culturofagicamente.blogspot.com


Autoria

"Super Specialis" (superspecialis.blogspot.com) é de autoria de Carmem Toledo. Está proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo aqui publicado, inclusive dos disponibilizados através de links aqui presentes. A mesma observação se estende a todos os blogs e páginas da autora ("Culturofagia", "O Caminhante Solitário", "Sophia... Ieri, Oggi, Domani", "A. B. A. C. A. T") e toda e qualquer criação, seja em forma de texto ou ilustração, por ela assinada.

Aviso:

Antes que esta página fosse criada, houve muita leitura sobre os temas abordados. Em caso de dúvidas, acesse todas as seções do blog e leia com atenção (sobretudo as guias "Sobre", "Quem somos" e "Indicações bibliográficas").

Não copie e cole o conteúdo aqui presente em qualquer outro lugar, pois ele foi escrito com muita pesquisa e dedicação. Lutar por respeito à diversidade e à inclusão também é lutar pela ética e quem se apropria do trabalho alheio não está preocupado com nada disso. Se você quiser compartilhar, copie o link para as postagens, e não seu texto.

Se você tiver alguma dúvida específica sobre seu filho, neto, sobrinho ou aluno, procure um profissional especializado que corresponda melhor à sua situação. Não use a internet para procurar ou perguntar sobre medicamentos e tratamentos, pois isso pode lhe causar um grande transtorno.