quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Páginas do Facebook com descrição nas imagens (audiodescrição)

Páginas do Facebook que postam imagens com descrição:






Super Specialis
https://www.facebook.com/voxamorisetscientiae


Culturofagia
http://facebook.com/culturofagia


A. B. A. C. A. T. - Associação Bacanuda de Admiradores Convictos que Amam a Tia
(Página de humor e entretenimento)
http://facebook.com/somostodosabacat


Nise - O coração da loucura
(Página oficial do longa nacional)
https://www.facebook.com/niseocoracaodaloucura


éParaná
https://www.facebook.com/pages/éParaná/321381831341018


F123
https://www.facebook.com/F123.org


Governo do Estado do Paraná
https://www.facebook.com/governopr


Luiza Caspary
https://www.facebook.com/luiza.caspary.oficial


Mara Gabrilli
https://www.facebook.com/maragabrilli


Romário Faria
https://www.facebook.com/romariodesouzafaria


Ver com palavras
https://pt-br.facebook.com/pages/Ver-com-Palavras-Audiodescrição/112211992187044






Autoria

"Super Specialis" (superspecialis.blogspot.com) é de autoria de Carmem Toledo. Está proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo aqui publicado, inclusive dos disponibilizados através de links aqui presentes. A mesma observação se estende a todos os blogs e páginas da autora ("Culturofagia", "O Caminhante Solitário", "Sophia... Ieri, Oggi, Domani", "A. B. A. C. A. T") e toda e qualquer criação, seja em forma de texto ou ilustração, por ela assinada.

Aviso:

Antes que esta página fosse criada, houve muita leitura sobre os temas abordados. Em caso de dúvidas, acesse todas as seções do blog e leia com atenção (sobretudo as guias "Sobre", "Quem somos" e "Indicações bibliográficas").

Não copie e cole o conteúdo aqui presente em qualquer outro lugar, pois ele foi escrito com muita pesquisa e dedicação. Lutar por respeito à diversidade e à inclusão também é lutar pela ética e quem se apropria do trabalho alheio não está preocupado com nada disso. Se você quiser compartilhar, copie o link para as postagens, e não seu texto.

Se você tiver alguma dúvida específica sobre seu filho, neto, sobrinho ou aluno, procure um profissional especializado que corresponda melhor à sua situação. Não use a internet para procurar ou perguntar sobre medicamentos e tratamentos, pois isso pode lhe causar um grande transtorno.